História ilustrada da Minha Cidade: Guimarães


"Ao viajante têm dito que Guimarães é o berço da nacionalidade. Aprendeu isso na escola, ouviu-o nos discursos de vária comemoração, não lhe faltam portanto razões para encaminhar os seus primeiros passos ao outeiro sagrado onde está o castelo"
— José Saramago, Viagem a Portugal


Nunca escondemos a nossa ligação e apreço pela cidade Berço assim como toda a história e tradições que compõem a mística de Guimarães. Achamos que era devida alguma espécie de homenagem à cidade que deu origem a um país e que por vezes é esquecida no eixo das duas grandes cidades nacionais.


Assim, lançamos o desafio a 9 ilustradores nacionais para interpretarem 9 marcos da cidade, que nos parecem de alguma forma essenciais para compreendermos toda a tradição e cultura que compõem Guimarães. Para além dos óbvios D. Afonso Henriques e respetivo Castelo, fomos buscar a típica doçaria vimaranense e o fato de esta ser uma terra de cutileiros. Pegamos em personagens do imaginário da cidade como Sta. Luzia e a Sra. da Oliveira e juntamos alguns momentos importantes como a histórica batalha de S. Mamede e as típicas Festas Nicolinas. Destes elementos produzimos uma série de 40 impressões A3 e postais que estarão disponíveis para venda em 5 lojas selecionadas da cidade.

Mais que tudo, quisemos prestar tributo à terra que gerou um país e às suas orgulhosas gentes, pois, quem já passou por Guimarães sabe que não há quem defenda mais o “produto” local que os vimaranenses.